Turniej Tłumaczy 2018

Adam Mickiewicz
Niepewność

Incerteza

Quando a vejo, Quando eu não te vejo, eu não suspiro,

não perco meus sentidos, quando vejo;

No entanto, quando não vejo você por muito tempo,

sinto falta de algo, quero ver alguém;

Saudade, me faço uma pergunta?

É amizade? É amor?

 

Você desaparece dos meus olhos,

não posso fazer isso mais uma vez em meus pensamentos.

No entanto, as vezes sinto que ela está sempre perto de mim.

Repito a pergunta novamente:

É amizade? É amor?

 

Eu sofro às vezes e não penso em nada,

sigo em frente sem arrependimentos, sem rumo, olhando a estrada,

não entendo como irei até você;

E quando entro, me pergunto:

É amizade? É amor?

na język portugalski przełożył Konrad Szymański


Incerteza

Se não te olho, não choro nem suspiro,

Não perco os sentidos quando te admiro;

Porém, quando há muito não te vejo,

Algo me falta, admirar alguém desejo;

Anseio, e a questão é colocada

Isso é amizade ou me é amada?

 

Não posso se não me está dos olhos diante

em pensamento logo renovar o seu semblante;

Porém sinto mesmo contra a vontade,

Que da memória está sempre em proximidade.

E novamente a questão é colocada:

Isso é amizade ou me é amada?

 

Não sofri, não pensei vez alguma,

Em ir até você e derramar minha penúria;

Vou sem meta, não guardo o caminho,

Eu mesmo não sei como adentrar seus domínios;

E, caminhando, a questão me é colocada;

O que me conduziu? Amizade ou a amada?

na język portugalski przełożyła Dafne Skarbek


Incerteza

Quando eu não te vejo, eu não suspiro, eu não choro,

Eu não perco meus sentidos quando vejo você,

No entanto, quando eu não vejo você por um longo tempo,

Sinto falta de alguma coisa, vejo alguém,

E anseio, faço pergunta para mim mesmo:

Isso é amizade? Isso é paixão?

 

Quando você desaparece, não posso

No pensamento renovo a tua imagem,

No entanto, às vezes sinto

Que ele está sempre perto da minha memória,

E novamente repito a pergunta:

Isso é amizade? Isso é paixão?

 

Sofri mais de uma vez, não pensei em nada,

Derramei remorsos diante de você,

Indo sem rumo, sem olhar para estrada,

Eu não entendo como você alcançará os limites,

E quando entro faço uma pergunta,

O que me levou aqui? Amizade ou paixão?

na język portugalski przełożyła Reguina Kovalczyk Drewnowski


Incerteza

Quando não te vejo, não suspiro, não choro,

Não perco meus sentidos quando vejo você,

No entanto, quando não te vejo por um longo tempo,

Percebo que me falta algo, vejo alguém;

E saudoso, pergunto para mim mesmo:

Isso é amizade? Isso amor?

 

Quando você desaparece dos meus olhos,

No meu pensamento vem a tua imagem;

No entanto, percebo de forma diferente

Que está sempre perto da minha memória,

E novamente repito a pergunta:

Isso é amizade? Isso é amor?

 

Sofri por muitas vezes, não pensei em nada,

Que perante a tua face derramaria o pranto,

Indo sem rumo, sem olhar para estrada,

Sozinho não alcançaria um patamar maior;

E novamente vêm a pergunta,

O que me trouxe aqui? Amizade ou amor?

na język portugalski przełożyła Nelsi Antonia Pabis

Accessibility